Fórmulas para cálculos de datas no Excel

Se você precisa controlar a quantidade de dias úteis de um determinado mês, se quer calcular a quantidade de horas que você trabalhou em Janeiro, ou mesmo se você quer controlar quantas horas passa na frente da televisão, o Excel 2007 dispõe das fórmulas que calculam datas, para que você possa controlar mais facilmente o tempo, sem precisar fazer cálculos manuais — que poderiam gerar erros.

Neste artigo, mostraremos a você alguns exemplos de como utilizar as datas e suas fórmulas, de maneira que você tenha menos trabalho no gerenciamento e análise de planilhas com esse tipo de dado. A princípio, as fórmulas podem parecer complicadas, mas quando você entender o que cada uma faz, provavelmente conseguirá inventar suas próprias maneiras de trabalhar.

Todas as fórmulas de data e hora estão disponíveis para consulta na categoria correspondente do Excel. Para acessá-las, clique no botão “Fx”, que fica localizado na barra de fórmulas, conforme imagem abaixo.

Em dias

Uma das tarefas mais comuns no cálculo de datas é o que determina o número de dias, meses ou anos entre duas datas digitadas por você. O método mais simples para isso é utilizar o operador matemático de subtração, formatando como número a célula que conterá o resultado do cálculo. No exemplo abaixo, o objetivo era descobrir quantos dias se passaram desde o dia 12 de fevereiro de 1983 até o dia 12 de fevereiro de 2009.

Repare que, no exemplo acima, não foi necessário utilizar uma fórmula complexa para o cálculo de dias vividos, pois por padrão o Excel interpreta que o resultado desejado para essa fórmula é o número de dias. Para calcular o número de meses e anos, no entanto, será necessária a utilização de fórmulas específicas para esse fim.

*Não se esqueça de formatar corretamente as células onde existem datas e as células onde serão mostrados números, pois formatações incorretas farão o cálculo certo, mas mostrarão o resultado no formato errado.

Ao invés de preenchermos uma data determinada para a final, podemos utilizar uma variação, fazendo com que o Excel descubra seu tempo de vida até a data atual. Ou seja, cada vez que um dia passar, o programa executará o cálculo novamente, incrementando um dia ao resultado. O exemplo abaixo foi realizado no dia 10 de fevereiro de 2009.

Em meses

A fórmula para cálculo do número de meses é a mais complexa, mas necessária, pois o Excel não consegue simplesmente fazer a subtração como na fórmula anterior, por se tratarem de anos diferentes. A fórmula “=MÊS(B2)-MÊS(A2)” só pode ser usada para meses do mesmo ano. Assim, para sabermos quantos meses uma pessoa nascida em 10 de fevereiro de 1983 já viveu, faremos o cálculo conforme a imagem abaixo.

Em anos

O número de anos vividos por uma pessoa pode ser facilmente calculado, pois sua fórmula é uma simples subtração entre o ano final e o ano de nascimento. A fórmula é “=ANO(Célula que contém a data final)-ANO(Célular que contém a data de nascimento)”. Veja abaixo um exemplo de sua aplicação.

Dias úteis

Saber quantos dias úteis há em um período de tempo é particularmente útil para escritórios que precisam descobrir o número de dias a serem trabalhados em determinado mês e, com o resultado, calcular o número de vales-transporte que cada funcionário deverá receber naquele mês. A imagem abaixo ilustra como deverá ser feita a fórmula.

Repare que a fórmula utilizada exclui do cálculo os sábados e os domingos, o que elimina a necessidade de fazê-lo manualmente. Você só precisa retirar manualmente do cálculo os feriados, incluindo-os no último campo da fórmula — no exemplo acima, utilizamos as células B3, até B5 para indicar os feriados. Portanto, na fórmula deve ser digitado o intervalo “B3:B5” na última parte.

*A fórmula “DIATRABALHOTOTAL” também funciona para meses e anos diferentes. Por exemplo, você pode utilizá-la para verificar quantos dias você trabalhou, desde a sua admissão na empresa até a data atual.

Diferença entre horas.

 

Fonte: CLube do Hardware

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *